Susan Sarandon, do Besouro Azul, pede desculpas por seu discurso com conteúdo antissemita.

Susan Sarandon emitiu um pedido de desculpas por suas declarações antissemitas na sexta-feira (1º/12). Durante um comício pró-Palestina em Nova York, no final de novembro, a atriz de Besouro Azul afirmou: “Muitas pessoas estão com medo de ser judias neste momento e estão experimentando o que é ser muçulmano neste país”. Logo em seguida, ela foi dispensada de sua agência.

Ela utilizou as redes sociais para se retratar através de um comunicado sobre o assunto. “Recentemente, participei de um comício ao lado de um grupo diversificado de ativistas que buscavam destacar a urgente crise humanitária em Gaza e apelar por um cessar-fogo. Eu não planejava falar, mas fui convidada a subir ao palco e dizer algumas palavras”, iniciou.

“Com a intenção de expressar minha preocupação com o aumento nos crimes de ódio, afirmei que os judeus americanos, como alvos de ódio antissemita, ‘estão experimentando o que é ser muçulmano neste país, muitas vezes sujeito a violência’. Esta frase foi um terrível erro, pois implica que até recentemente os judeus eram estranhos à perseguição, quando na verdade é o oposto”, continuou Sarandon.

Para finalizar seu posicionamento, Susan Sarandon também se manifestou contra a guerra: “Continuarei comprometida com a paz, a verdade, a justiça e a compaixão por todas as pessoas. Espero que possamos nos unir com amor e disposição para dialogar, especialmente com aqueles com quem discordamos”.

Confira a nota aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *