Stuhlberger afirma que o Fundo Verde está diminuindo sua participação em ações devido à elevada exposição do mercado.

EM ALTA

Por Adriana Cotias — São Paulo
15/01/2024 05h02 Atualizado há 22 horas
Embora veja oportunidades na bolsa brasileira, que pode se beneficiar de um ambiente macroeconômico favorável, Luis Stuhlberger, executivo-chefe e de investimentos (CEO e CIO) da Verde Asset, reduziu a exposição em ações no Brasil após o rali em novembro e dezembro. Segundo o gestor, com o aumento da participação do mercado, o risco se tornou maior.
“Brincamos dizendo que tenho o mesmo pensamento que a torcida do Corinthians. Então, quando isso acontece, sempre existe o risco de pegar um momento em que o mercado esteja com um técnico ruim. Não estou dizendo que isso vai acontecer, mas o mercado, desde novembro, ficou muito otimista em relação aos mercados emergentes, especialmente o Brasil”, afirmou Stuhlberger, citando fundos quantitativos, outros multimercados e o capital estrangeiro, que são investidores que têm a opção de não investir em ações.
Atualmente, o risco de bolsa do fundo Verde está relativamente baixo, em 13%, e não deve ter tanta representatividade na carteira como no passado, disse Stuhlberger, pois uma parte do valor que antes era investido em ações foi destinado ao crédito, que agora representa 16%.

“Ao nível atual, acredito que temos uma exposição equilibrada no fundo entre títulos do Tesouro Nacional série B, ações e moeda”, afirmou Stuhlberger.
“No caso dos títulos do Tesouro Nacional, sempre mantemos uma posição, pois o Brasil tem a taxa de juros reais mais alta do mundo. Se você pegar um título do Tesouro B35, com uma duração média de menos de 10 anos, terá um retorno de 5,5% ao ano. Tenho certeza de que, para bem ou para mal, a taxa de juros nos próximos 10 anos não será de 5,5%”, afirmou o gestor. “Será menor se as coisas derem certo ou se o Brasil quebrar. Não será 5,5% porque não é possível pagar tanto. Nenhum país pode arcar com uma taxa de juros reais tão alta, senão nossa dívida vai se tornar exponencial.”
Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *