Qual é a relação entre o Nubank e a diminuição de investidores na B3?

< div id="EMALTA">

Por Álvaro Campos, Valor — São Paulo

15/01/2024 21h43 Atualizado 16/01/2024

O número de investidores na bolsa de valores teve uma queda em 2023, sendo a primeira redução anual desde 2016. De acordo com os dados divulgados pela B3 nesta segunda-feira, o ano encerrou com 4.952.888 CPFs individuais na bolsa, representando uma queda de 1,1% em comparação com 2022, ou seja, 54.873 investidores a menos.

A diminuição pode ser explicada em grande parte pelo Nubank. Em agosto, a bolsa perdeu quase 549 mil investidores. Quando o Nubank fez seu IPO em 2021, o banco lançou BDRs nível 3 no Brasil, mas em setembro de 2022 anunciou mudanças, migrando para BDRs nível 1 não patrocinados.

Em dezembro de 2022, a CVM autorizou o pedido do Nubank e estabeleceu que os investidores que não escolhessem explicitamente migrar seus BDRs nível 3 para o nível 1, ou receber ações do Nubank negociadas na Nasdaq, teriam seus BDRs vendidos e receberiam os recursos da venda. O prazo para a escolha encerrou em 11 de agosto, o que resultou nessa queda no número de investidores.

Assim como o Nubank foi responsável pela queda de mais de 500 mil investidores na bolsa, em dezembro de 2021, quando estreou na B3, também contribuiu para um aumento de quase 760 mil investidores no mercado acionário brasileiro.

Em agosto, sem mencionar o Nubank, a B3 informou que, considerando apenas ações (e não outros tipos de renda variável), o número total de investidores na verdade aumentou naquele mês. A queda, portanto, ocorreu principalmente na categoria de BDRs.

O Nubank, no entanto, não é o único responsável pela queda no número de investidores na bolsa. Apesar de o índice Ibovespa ter terminado o ano batendo recordes históricos, a bolsa registrou a maior seca de IPOs (ou seja, novas empresas ingressando no mercado) em pelo menos duas décadas.

A estreia de mais empresas, além de trazer novos nomes para o mercado, sempre atrai novos investidores. Em 2023, sem IPOs e com algumas OPAs (operações de fechamento de capital), a B3 encerrou o ano com 446 empresas listadas, uma queda de 0,4% em relação a 2022.

Para 2024, com a expectativa de retomada de IPOs e a continuidade do ciclo de redução da Selic (que estimula a migração da renda fixa para a renda variável), espera-se que o número de investidores na bolsa volte a crescer.

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

< /div>

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *