O STF afirma que Barroso tem um relacionamento amigável com Lula, porém age de forma independente.

Por Edna Simão, Valor — Brasília

20/12/2023 10h22 Atualizado 20/12/2023

Em comunicado divulgado na quarta-feira (20) sobre o jantar entre ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o STF enfatizou que o presidente da Casa, Luís Roberto Barroso, mantém uma “relação amistosa” com Lula, “apesar de atuar de forma independente em relação ao governo”.

Nas noites de terça-feira (19), Lula, acompanhado da primeira-dama Janja, jantou na casa do ministro Barroso. Também estiveram presentes os ministros do STF Gilmar Mendes; Dias Toffoli e sua esposa; Luiz Fux; Edson Fachin e sua esposa; Alexandre de Moraes e sua esposa; Nunes Marques e sua esposa; o ministro Cristiano Zanin e sua esposa; e o futuro ministro Flávio Dino, além do advogado-geral da União Jorge Messias.

“O Presidente do STF mantém uma relação amistosa com o Presidente da República, apesar de atuar de forma independente em relação ao governo. Durante o encontro, o Ministro Barroso confirmou a Lula que estará em Brasília para participar de eventos relacionados ao dia 8 de janeiro”, declarou o comunicado.

De acordo com o comunicado, no mês passado, Lula reuniu um grupo de ministros de Estado e presidentes de Poderes no Palácio do Planalto para discutir a participação do Brasil no G-20. Após essa reunião, Lula convidou Barroso para uma conversa privada e sugeriu a realização de um encontro com os demais ministros do STF, o que aconteceu na noite de terça-feira (19).

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *