Na próxima semana, Pacheco deve levar à pauta no plenário a PEC dos militares.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), indicou ao ministro da Defesa, José Múcio, que planeja agendar a votação da PEC dos militares em plenário para a próxima semana.

A proposta, que impede os militares da ativa de se candidatarem em eleições federais e municipais, já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, em 29 de novembro.

Pacheco e Múcio, de acordo com informações obtidas pela coluna, conversaram por telefone nos últimos dias. O ministro da Defesa é um dos defensores entusiasmados da PEC e desempenhou um papel ativo na sua elaboração.

Conforme o texto aprovado na CCJ, o militar da ativa terá que ser transferido para a reserva imediatamente ao registrar sua candidatura. Policiais e bombeiros militares estão excluídos dessa regra.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *