Foco da manhã no mercado: Reoneração e divulgação do boletim Focus estão sendo monitorados

Por Augusto Decker, Valor — São Paulo
15/01/2024 08h16 Atualizado há 23 horas
Os mercados nos Estados Unidos começam a semana fechados em decorrência do feriado de Martin Luther King, o que tende a reduzir a liquidez das transações aqui no Brasil. Por outro lado, os ativos nacionais devem ser influenciados principalmente por assuntos locais hoje. O governo propôs a reoneração da folha de pagamentos de vários setores da economia, mas enfrenta resistência do Congresso, e essa questão será discutida em uma reunião entre o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. O governo vê a reoneração como importante para tentar eliminar o déficit primário este ano, mas já está discutindo alternativas ao projeto.

Outro fator em foco aqui no país é o boletim Focus, que será divulgado pelo Banco Central pela manhã. Ele será o primeiro relatório após a divulgação do IPCA de dezembro no Brasil e dos índices de preço ao consumidor (CPI) e ao produtor (PPI) nos Estados Unidos.

Mesmo com os mercados nos EUA não operando hoje, os agentes econômicos ainda estão analisando as indicações dadas pelos dirigentes do Fed. O presidente do distrito de Atlanta, Raphael Bostic, afirmou ontem que a inflação nos Estados Unidos pode voltar a aumentar se os juros forem cortados muito cedo. Para ele, a desaceleração da inflação deve diminuir nos próximos meses. Apesar dos dirigentes do Fed terem feito declarações mais “hawkish” nas últimas semanas, o mercado continua confiante de que a instituição começará a cortar juros em março, especialmente após o PPI do país ficar abaixo das expectativas.

Durante a semana, as declarações dos dirigentes do Fed serão acompanhadas com atenção. O Livro Bege, previsto para quarta-feira, também é aguardado pelos agentes econômicos.

As commodities continuam sendo monitoradas hoje, após a alta do preço do petróleo na sexta-feira devido aos ataques dos EUA aos rebeldes Houthi. Hoje, o preço do Brent está um pouco mais baixo no exterior, mas o destaque é a queda de 3% no preço do minério de ferro na bolsa de Dalian. Essa desvalorização pode pressionar negativamente as ações de mineração e siderurgia na bolsa brasileira, que têm grande importância no Ibovespa.

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *