EUA afirma que Israel não deve tomar controle da Faixa de Gaza

Por Valor — São Paulo

15/12/2023 11h25 Atualizado há um dia

Não é lógico que Israel mantenha o controle da Faixa de Gaza após o término da ofensiva na região, declarou Jake Sullivan, conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, na sexta-feira (15). Ele está visitando a região na tentativa de reduzir as tensões e negociar uma nova trégua no conflito entre Israel e o Hamas, de acordo com o “Financial Times” (FT).

Conforme o representante americano, Israel não possui um plano de longo prazo para ocupar a Faixa de Gaza. Ele também afirmou que a posição dos EUA é clara sobre o assunto: o governo israelense não deve ocupar a região e é necessário promover a transição de poder entre os palestinos.

Os EUA já manifestaram várias vezes seu apoio à Autoridade Palestina, que atualmente controla a Cisjordânia, e defendem que o grupo assuma o governo da Faixa de Gaza ao fim do conflito.

Em uma coletiva de imprensa na sexta-feira, Sullivan defendeu a revitalização da Autoridade Palestina e ressaltou a importância de aumentar a representatividade do povo palestino dentro do grupo para legitimá-lo como governante da Faixa de Gaza.

O conselheiro americano irá se encontrar com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, após passar um dia em Israel, onde teve reuniões com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e outras autoridades israelenses.

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *