Em 2023, desafie sua sabedoria acerca do STF e demais órgãos judiciais.

Por Cristiano Zaia, Valor — Brasília

29/12/2023 09h29 Atualizado 29/12/2023

Em 2023, ocorreram diversas mudanças nos principais tribunais superiores do Brasil, seja com a aposentadoria ou fim do mandato de membros das cortes – seja no Supremo Tribunal Federal (STF), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Apenas no STF, um novo presidente foi empossado e dois novos ministros foram indicados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). E uma vez que a única mulher na Suprema Corte atualmente, ministra Carmen Lúcia, já presidiu o tribunal mais alto do país, levará pelo menos 12 anos para que uma mulher volte a ocupar a presidência do STF.

Outra curiosidade sobre o ano agitado nos tribunais superiores foi a primeira mulher negra na mais alta corte da Justiça Eleitoral. Lula foi muito pressionado por entidades de magistrados e pela sociedade para nomear mulheres para vagas no Poder Judiciário, especialmente no STF – o que não ocorreu neste último caso.

E para o STJ, Lula também teve que indicar novos ministros – o tribunal possui 33 ministros, enquanto o STF é formado por 11 e o TSE por sete. Teste abaixo seu conhecimento sobre as novidades nos tribunais superiores este ano:

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *