De acordo com o diretor da PF, é necessário haver ‘separação’ no dia 8 de Janeiro.

Por Isadora Peron e Luísa Martins — De Brasília
15/01/2024 05h00 Atualizado há um dia
Gaúcho de Pelotas, o diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, estava em um churrasco quando foi informado que apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) tinham invadido o prédio do Congresso e estavam se dirigindo para os edifícios do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal (STF). Imediatamente, ele foi para a Esplanada dos Ministérios e ajudou a coordenar a resposta do governo federal.
Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *