Chile se opõe à nova Constituição e impede avanço da extrema direita.

Por Júlia Barbon, Valor — Folhapress, de Santiago

17/12/2023 20h34 Atualizado há 17 horas
Os chilenos votaram contra pela segunda vez a proposta de uma nova Constituição, impedindo o avanço da ultradireita no país: 56% da população votou contra, enquanto 44% votaram a favor do texto consolidado por essa força política nos últimos meses, em um referendo que aconteceu neste domingo (17). Mais de 90% das urnas já foram apuradas.

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *