Argentina comunica a venda de automóveis e aeronaves governamentais

Por Valor — São Paulo

15/12/2023 12h56 Atualizado há um dia

O governo do novo presidente argentino, Javier Milei, anunciou nesta sexta-feira (15) que irá vender automóveis, aviões e outros veículos oficiais como parte de um programa para reduzir os gastos públicos. Durante uma entrevista coletiva, o porta-voz da Presidência, Manuel Adorni, também afirmou que o governo irá minimizar o número de motoristas contratados pelo Estado para “acabar com os privilégios da política”.

Adorni também criticou o alto valor que o Estado pagou para manter o seguro de algumas pinturas e obras de arte da Quinta de Olivos, a residência oficial, mas não deixou claro se as apólices serão renovadas.

Ele declarou que as medidas que o governo Milei planeja implementar na política podem gerar uma economia de 3 bilhões de dólares anuais, considerando apenas as despesas operacionais, conforme relatado pelo jornal argentino “La Nación”. “A questão dos motoristas e os privilégios que uma grande parte da política possui, ou possuía, serão reduzidos em mais de 50%”, disse ele.

Adorni também afirmou que uma parte da frota oficial será direcionada às forças de segurança, enquanto a outra parte será vendida. “Decidimos concretizar a venda de duas aeronaves da empresa YPF, exercendo nossa posição no conselho de administração. São dois aviões usados quase exclusivamente pela política, pelos privilegiados, e não queremos mais que eles estejam lá”, acrescentou Adorni.

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *